segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

CLÁSSICO #2: Nirvana - Bleach

 

Último post dessa ano. Meu Deus como passou rápido! Dessa vez meu lado grunge falou mais alto falarei de uma das minhas bandas favoritas: Nirvana e o  obscuro albúm de estréia "Bleach".


Chad Channing, Krist Novoselic, Kurt Cobain


Bom minha fascinação por Nirvana, foi bem no começo em que eu comecei a escutar rock no geral, até lá sempre escutei músicas mais do que conhecidas como Smells Like Teen Spirit, Rape Me, Heart Shaped Box e etc., mas nessa época eu nem tinha ouvido sequer falar no primeiro disco dos caras. Eis que um amigo meu me mostra essa bolacha, quando tocou a primeira faixa "Blew" eu pensei: "cara, isso não e Nirvana. È pesado e dark demais pra ser coisa do Kurt Cobain". Quando terminei de ouvir o cd considerei o melhor disco deles, primeiro essa era o verdadeiro clima nas músicas que Kurt queria mostrar. E tem muita coisa boa nesse disco como a bem metal "Negative Creep", "Love Buzz" cover da banda alemã Shocking Blue com seu ritmo  meio que "dançante. A punk "Mr. Moustache" com sua levada de guitarra bacana, não esquecendo da mais conhecida do disco "About A Girl", música que é uma homenagem a Tracy Marander, então namorada de Kurt, com quem ele vivia na época.

ALGUNS FATOS: O disco custou só 600 dólares para ser gravado, desembolsado pelo então segundo guitarrista da banda Jason Everman, que nem chegou a tocar no disco nem foi reembolsado, mas teve seu nome creditado na capa do disco . O nome de Kurt Cobain, constava no encarte escrito como "Kurdt Kobain". Bleach originalmente apenas vendeu 6 mil cópias, mas após o enorme sucesso do segundo álbum da banda, Nevermind, os fãs começaram a adquiri-lo. Desde então, vendeu 4 milhões de cópias em todo o mundo.

1. Blew
2. Floyd the Barber
3. About a Girl
4. School
5. Love Buzz
6. Paper Cuts
7. Negative Creep
8. Scoff
9. Swap Meet
10. Mr. Moustache
11. Sifting
12. Big Cheese
13. Downer

Reações:

3 comentários:

Cristian disse...

muito bom post cara, esse disco abriu meus horizontes pra esse estranho mundo chamado nirvana. é um disco tenso, agressivo e um grito de desespero. acho o in utero o melhor disco (não gosto desse termo "melhor"), mas o beach é uma porrada na cara.

victor disse...

yey, bitch!
nirvana é nirvana!
acho que cada álbum deles tem algo encantador do kurt. esse é o lado pesado, enquanto o in utero é algo desesperado, visceral! triste ver que cada vez menos as pessoas conhecem nirvana (e conhecem mais strike)
maldita courtney! as mulheres sempre cagando com as melhores bandas!

Marii disse...

"as mulheres sempre cagando com as melhores bandas!"
Ótimo comentário o do seu amigo, hein lucas?