segunda-feira, 30 de maio de 2011

Disco da Semana #20 - DRAGONFORCE – “Inhuman Rampage”


Podem falar mal, podem odiar! Fãs de Guitar Hero, tremei! Tá aí uma banda que muito metaleiro mete pau dizendo que é banda de estúdio, que só sabem fazer fritação, que só se repete, mas e aí? E o meu querido Iron Maiden há muito tempo se repete e continua excelente? E AC/DC que toca o mesmo som desde os anos 70 e mesmo assim arrasta milhões nos seus shows? Dragonforce sim, é uma banda muito boa, enjoativa, mas muito boa.

A banda surgiu em 1999 em Londres, Inglaterra. Já contam com 4 discos de estúdio e um Ao Vivo.

Ouvi ‘Through The Fire And Flames’ pela primeira vez no zeramento do jogo Guitar Hero 3. Que música difícil de tocar, e o mais tenso tem praticamente 8 minutos de duração, 8 minutos de bateria, baixo, teclados e principalmente GUITARRAS sendo tocados na velocidade da  luz. Me amarrei na hora pela banda! Solos excelentes, bem executados e cativantes. Tudo o que qualquer fã de metal melódico gosta de escutar. Saí pra procurar essa banda, com aquela vontade do mundo para escutar mais pérolas como essa. “Inhuman Rampage” foi lançado em 2006, só que passou muito despercebido por mim pois só fui descobrir a banda pelo GH, tipo, 1 ano depois.

Só que aí começa o problema de “Inhuman Rampage”. Temos músicas excelentes como ‘Revolution Death Squad’ e ‘Operation Ground And Pound’, mas são só repetições de idéias criadas em ‘Through the Fire And Flames’, aquela mesmice que corre pelo álbum inteiro. Não que isso seja ruim.

Não digo que o albúm é ruim, mas é um disco muito cansativo de ouvir de cabo a rabo, seja pela duração das faixas (a menor tem 6 mins) se você o escutar no seu iPod ou Mp3 player no aleatório será mais fácil escutar.

Os músicos da banda são excelentes. Com destaque total para Herman Li e Sam Totman, donos de uma habilidade de fazer solos rápidos, com bastante melodias e que fazem qualquer um querer tocar sua guitarra imaginária onde estiver, na fila de um banco ou num velório, por exemplo. Enjoy!


1. "Through the Fire and Flames"
2. "Revolution Deathsquad"
3. "Storming the Burning Fields"
4. "Operation Ground and Pound"
5. "Body Breakdown"
6. "Cry for Eternity"
7. "The Flame of Youth"
8. "Trail of Broken Hearts"

Formação no Inhuman Rampage:

ZP Theart – vocais
Herman Li – guitarras
Sam Totman – guitarras
Vadim Pruzhanov – teclados
Dave Mackintosh – bateria
Frédéric Leclercq - baixo


SITE OFICIAL 
FACEBOOK 

Reações:

0 comentários: